Ignorar disciplinas disponíveis

Disciplinas disponíveis

Formação Pedagógica Inicial de Formadores – Porque e Para que?
Com a frequência do Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores (FPIF) os futuros formadores deverão assumir-se como atores conscientes e dinamizadores do seu papel no seio do sistema de Formação Profissional.
A Formação Pedagógica Inicial de formadores é dirigida a indivíduos que pretendam adquirir o Certificado de Competências Pedagógicas (CCP), antigo CAP, para exercer a atividade de formador.
O formador deverá ser capaz de estabelecer uma relação pedagógica diferenciada, dinâmica e eficaz com múltiplos grupos ou indivíduos, de forma a favorecer a aquisição de conhecimentos e competências, bem como o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenho profissional, tendo em atenção as exigências atuais e prospetivas do mercado de emprego.
O Referencial de Formação Pedagógica Inicial organiza-se em percursos estruturados de forma modular, podendo ser dinamizado através de diferentes modalidades de intervenção formativa:
- Formação presencial, e
- Formação em Blended-learning.

Voce vai estar conosco no curso em formato B-Learning, ou seja, teremos sessões presenciais e a distância (em uma PCA) o que leva a que tenhas que ter acesso a um computador com internet.

Como referido no referencial esta Formação Pedagógica Inicial de Formadores, encontra-se estruturado em 9 módulos de formação de 10 horas cada.
Estão organizados segundo as competências a adquirir e os conteúdos estruturantes de cada módulo, para o exercício desta atividade.

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Caracterizar os sistemas de qualificação com base nas finalidades, no público-alvo, nas tecnologias utilizadas e no tipo e modalidade de formação pretendida;

Identificar a legislação, nacional e comunitária, que Regulamenta a Formação Profissional;

Enunciar as competências e capacidades necessárias à atividade de formador;

Discriminar as competências exigíveis ao formador no sistema de formação;

Identificar os conceitos e as principais teorias, modelos explicativos do processo de aprendizagem;

Identificar os principais fatores e as condições facilitadoras da aprendizagem;

Desenvolver um espírito crítico, criativo e empreendedor.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação;

Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino aprendizagem;

Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas;

Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a compor.

M2

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Compreender a dinâmica formador-formandos-objeto de aprendizagem, numa perspetiva de facilitação dos processos de formação;

Compreender os fenómenos psicossociais, nomeadamente o da liderança, decorrentes nos grupos em contexto de formação;

Gerir diferentes grupos de trabalho, com fortes condições de potenciar a discriminação e bloquear a aprendizagem;

Compreender a dinâmica da individualidade de aprendizagem no seio de um grupo de trabalho;

Reconhecer a importância do mediador de grupos de trabalho.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Escolher e a aplicar as técnicas e os métodos pedagógicos mais adequados aos objetivos, aos públicos-alvo e ao contexto de formação;

Descrever as vantagens e importância da criatividade em meio pedagógico;

Identificar estratégias inclusivas de públicos diferenciados;

Identificar vantagens e desvantagens da aplicação das diferentes técnicas pedagógicas em contextos diferenciados.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Distinguir finalidades, metas, competências, objetivos gerais e objetivos específicos;

Redigir objetivos pedagógicos em termos operacionais;

Hierarquizar objetivos segundo os domínios do saber;

Planificar momentos de ensino-aprendizagem;

Identificar os princípios orientadores para a conceção e elaboração de planos de unidades de formação;

Preencher fichas de planificação da formação (plano de ação de formação/ módulo/ sessão).


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Selecionar, conceber e adequar os meios pedagógico-didáticos, em suporte multimédia, em função da estratégia pedagógica adotada;

Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;

Compreender a dinâmica e importância do PowerPoint como modelo de apresentação;

Criar apresentações em PowerPoint tendo em conta as respetivas regras de elaboração.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Compreender as mudanças evolutivas do Ensino a Distância;

Identificar as características e as vantagens do e-learning;

Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação a distância;

Identificar regras de formação através da Internet;

Reconhecer a importância do e-formador/e-mediador no processo formativo a distância;

Identificar e aplicar os mecanismos/softwares de comunicação online;

Desenvolver uma formação utilizando as Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem para suporte de materiais.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Distinguir diferentes níveis de avaliação dos resultados de formação;

Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação;

Identificar causas de subjetividade na avaliação;

Aplicar um método sistémico e evolutivo de análise de resultados de formação;

Propor medidas de regulação, com vista à melhoria do processo de formação.


COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Pretende-se que cada formando, após este módulo esteja apto a:

Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação;

Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino aprendizagem;

Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas;

Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a comportamentos observados no desenvolvimento de uma sessão de ensino-aprendizagem;

Comparar o nível de competências pedagógicas adquiridas ao longo do processo formativo, com o nível de desempenho demonstrado no início da ação;

Elaborar uma síntese e avaliação dos processos formativos vivenciados;

Construir percursos para autoformação (traçado de percursos individuais de formação).